Súmula nº 232 do TST (cancelada)

BANCÁRIO. CARGO DE CONFIANÇA. JORNADA. HORAS EXTRAS (cancelada em decorrência da
sua incorporação à nova redação da Súmula nº 102) - Res. 129/2005, DJ 20, 22 e
25.04.2005
 
O bancário sujeito à regra do art. 224, § 2º, da CLT cumpre jornada de trabalho
de 8 (oito) horas, sendo extraordinárias as trabalhadas além da oitava.
 
1. Histórico
 
 
Súmula mantida - Res. 121/2003, DJ 19, 20 e 21.11.2003
 
Redação original - Res. 14/1985, DJ 19.09.1985 e 24, 25 e 26.09.1985
 
Nº 232 Bancário – Cargo de confiança – Jornada – Horas extras.
 
O bancário sujeito à regra do artigo 224, § 2º, da Consolidação das Leis do
Trabalho cumpre jornada de trabalho de oito horas, sendo extraordinárias as
trabalhadas além da oitava.

Curta nossa fanpage no facebook

top